19 abril, 2011

Medicina Portugal e Brasil

Os médicos formados em universidades públicas brasileiras podem exercer sua profissão em Portugal de acordo com o Tratado de Amizade firmado entre os dois países em 2001.

A primeira providência a ser tomada  é o reconhecimento do diploma em Portugal; a segunda é a inscrição na Ordem dos Médicos de Portugal, onde os brasileiros também recebem tratamento especial, conforme  assegura a legislação e a última é a inserção dos  médicos no mercado de trabalho português,inclusive, já existem empresas especializadas  na contratação de médicos brasileiros que pretendem trabalhar  em quaisquer cidades de Portugal  em busca de melhor remuneração e mais qualidade de vida.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá,
Sou médica brasileira formada em Universidade pública e tenho interesse no reconhecimento do diploma. Poderia informar quais empresas especializadas tratam da legalização do diploma junto à Ordem dos Médicos e Universidades Portuguesas?
Obrigada.
Paula Cavalcante.
drapaulajlcavalcante@yahoo.com.br

Gustavo Campos disse...

Dra Wanda, infelizmente o tratado é lindo na teoria, mas de nenhuma serventia na prática. Vivo em Portugal, sou médico, faço mestrado aqui e digo, por experiência própria, que a letra do tratado é morta, pois , tal qual no Brasil, a palavra final fica com as Universidades portuguesas, as quais criam imensas barreiras para a legalização do diploma de brasileiros por estas terras. Ao fim e ao cabo o procedimento é extremamente oneroso, demorado, incerto e envolve várias provas, nada disto previsto em tratado internacional.
Uma pena.